EXISTE UM PRÉMIO DE ARQUITECTURA QUE POSSA CONTEMPLAR A OBRA DE UM ARQUITETO JÁ DESAPARECIDO, UM ARQUITECTO: FRANCISCO AUGUSTO DA SILVA ROCHA (1864-1957) QUE É UM EXPOENTE DA ARQUITECTURA ARTE NOVA DO SEU PAÍS, EM AVEIRO, CIDADE RECONHECIDA JUSTAMENTE POR CAUSA DO VALOR DA SUA OBRA, «CAPITAL DA ARTE NOVA EM PORTUGAL» PELO MAIOR HISTORIADOR DE ARTE DA SEGUNDA METADE DO SÉCULO XX, DO SEU PAÍS, JOSÉ-AUGUSTO FRANÇA?
A OBRA DE SILVA ROCHA ESTAVA A SER DEMOLIDA NO FINAL DOS ANOS 90, E CONTA-SE HOJE, DEPOIS DE UMA AÇÃO DE DEFESA QUE CONDUZI, ENTRE AS CAPITAIS DA ARTE NOVA EUROPEIAS. O ARQUITECTO ÁLVARO SIZA VIEIRA DETENTOR DO PRÉMIO PRITZKER EM 1992 TEM SIDO O PRINCIPAL DEFENSOR DO VALOR DA SUA OBRA.

MARIA JOÃO FERNANDES
AICA ASSOCIAÇÃO INTERNACIONAL DE CRÍTICOS DE ARTE

Responder